No que creio e tento viver.

Entendo que a verdadeira rendenção espiritual não tem entre os seus agraciados aquelas pessoas que posam de santas e moralmente irrepreensíveis, tampouco aquelas que investem a sua vida em defender a doutrina melhor fundamentada em escritos ancestrais... vejo que ela é alcançada pelo pecador arrependido que, por assim se reconhecer e ciente de sua limitação, ousa não mais negociar com Deus o Seu favor mediante seus esforços pessoais mas, em um passo de fé, acredita na bondade intrínseca de seu Ser e nos méritos do Cristo crucificado e ressurreto respondendo à essa fé com uma nova postura, voltada à Deus e ao próximo sem fanatismos, dando assim sabor à sua vida e a dos que estão à seu redor neste mundo. E tudo isso é possível exclusivamente pela Graça de Deus, fruto de Seu amor por nós.

sábado, 10 de setembro de 2011

Gente que ninguém quer

A propósito da leitura desse artigo da ISTO É, sobre a Igreja Renascer em Cristo...

Tive a oportunidade (e porque não dizer o privilégio) de ter participado desse ministério quando ainda era só um punhado de gente que estava cansada das idiossincrasias religiosas de então e sonhavam com uma vida restaurada à normalidade daquilo que a bíblia mostrava ser... por isso diziam ter a visão de Neemias, da restauração dos muros da cidade santa...

Tempo onde não havia um clero organizado... as pessoas ajudavam porque sentiam-se compelidas a fazê-lo sem esperar reconhecimentos ou imputação de patentes eclesiais quais fossem... só havia gente querendo ajudar àquilo que entendiam ser um movimento genuíno de “amor às vidas” no jargão evangélico... se sentir parte de um movimento que sentiam iria marcar uma geração na igreja brasileira... tempo onde o Estevam e a Sônia desciam do palco para abraçar a quem perto deles chegasse, junto à uma palavra de amor e esperança...

Uma época onde as barreiras do "sagrado" e do "profano" diluíram-se, onde era possível transitar entre uma "Terça-Gospel" no Dama-Xoc e um Show de Rock nas segundas-feiras de evangelismo, que mais se assemelhavam a uma balada qualquer, ainda que o espaço fosse o mesmo dos cultos dominicais... manifestação de demonstração extrema que Deus não habita em templos feitos por mãos de homens... radicalmente protestante...

O brilho nos olhos de cada um, por mínima que fosse sua contribuição para que tudo se operasse com o fim de restaurar vidas, junto a alegria no coração de ver o resultado que se obtinha na operação da mão forte do Senhor era a recompensa mais que suficiente para nós...

Nada era forçado... tudo que se fazia dava naturalmente resultados pois o ambiente que ali estava instalado era o do comprometimento com uma visão de operar o bem ao próximo, sendo o templo só um local que se prestava a dar espaço às iniciativas que levassem em conta a visão de Neemias que o ministério possuía...

As canções eram fruto desse mover de Deus nos idos tempos da então quase-herética Igreja Renascer em Cristo... Katsbarnéia com o Brother Simion cantando com aquele jeitão de fissurado... Extra, Extra... o mundo acabará amanha de manhã... Atos 2, declarando Ah, eu quero sim, o Teu amor Senhor... e ainda Resgate, Oficina G3 com o Manga e o Túlio mandando ver em músicas com letras inusitadas comparando os cristãos com Naves Imperiais... e o início do Renascer Praise, com cânticos que remetiam a uma pureza e singeleza de sentido tão claro do Evangelho que, se comparadas às letras de hoje das músicas do mercado gospel (invariavelmente mantras, gemidos, sussurros e grunhidos incompreensíveis e sem qualquer relação com a mensagem de Jesus) seriam vistas com reservas pois sua mensagem seria não-vendável.

Mas não tardou, o canto da sereia foi ouvido... e pior, atendido e correspondido. O ministério de Libertação e Cura Interior foi criado sob a influência dos ensinos tresloucados da Neusa Itioka sobre o tema; a Teologia da Prosperidade vinha sendo pregada de maneira bem light, mas depois o “casal apóstólico” abraçou apaixonadamente esse lixo espiritual e colocou o então Pr. Gesher Cardoso para fazer seminários intensivos nas igrejas Renascer ministrando essa doutrina mamônica e anti-bíblica; vieram à reboque o deslumbrado Benny Hinn com sua esquisita unção do cai-cai; as tais "conferências proféticas" com a equipe do pr. Collin Dye, um especialista em profetadas e a Marcha para Jesus, um evento que originalmente visava dar visibilidade à fé cristã e que aqui virou demonstração de força política para promover negociatas em nome de um reino que não é o dos Céus.

Ainda me recordo daqueles tempos da inocência perdida... comparativamente ao crescimento humano, a Renascer optou por seguir seu próprio caminho, longe da singeleza do Evangelho e encantou-se com os sofismas da vida adulta... e ficou empedernida, incapaz de admitir que errou e voltar atrás para iniciar do ponto onde se desviou...

Eu ainda me pego cantando e pedindo para cantar muitas das músicas dessa época... sou grato à Deus por ter vivido o tempo em que o Estevam e a Sõnia eram só o Estevam e a Sônia e não o alter-ego de ambos que acabou carreado a um título após a investidura de uma patente eclesial...

Certamente presenciei ali também coisas que não correspondiam àquilo que a Palavra ensina... vi fogueira das vaidades, desmandos, surtos de autoritarismo, caça às bruxas e todos os chamados "sete pecados capitais" atuando em pleno vigor... não há quem vivendo em um ambiente assim, agüente por muito tempo sem se contaminar. Confesso que por algum tempo surtei com o surto deles... mas em um insight, quando me vi descaracterizado como um filho de Deus, abri-me à correção do Pai em minha vida e a Sua Graça me alcançou, me fazendo sair a tempo antes que eu ficasse pedrado.

Escrevo estas linhas depois de ler o artigo da ISTO É e de chorar movido por um misto de amor, tristeza, pesar e saudade... estaria idealizando um passado que só existiu na minha mente?... talvez... mas não posso negar que a maneira autêntica e ousada pelo qual a Renascer surgiu e andou nos primeiros anos de sua existência impactaram minha vida mais com coisas boas que com ruins...

Possivelmente a Renascer nunca será aquilo que se propôs a ser a 25 anos atrás na sala do pequeno apartamento do Estevam e da Sônia, ainda com o Tid e a Fernanda bem pequenos... uma família que vivia com dinheiro contado, com o Estevam saindo para vender máquinas de Xerox à pé, quando deram abrigo a um bando de gente que a igreja não os queria nem pagando... igualzinho como Jesus acolheu a mulher adúltera, ao fiscal corrupto, ao samaritano e ao guarda romano. Gente que ninguém quer. Assim como todos nós um dia fomos gente que ninguém quis, só o Pai. Quem sabe não seja a hora de acolhermos de alguma maneira ao Estevam e a Sônia pois HOJE eles são a gente que ninguém quer?

22 comentários:

Danilo Fernandes disse...

É meu amigo.

Já falamos bastante disto pessoalmente e hoje você botou pra fora...

Me emocionei com você.
O poder corrompe.

Vou levar para o Genizah

.....Luiz Antonio disse...

Sobre a reportagem de ISTO É.
Li uma frase de Elza Soares que talvez demonstre a "humildade" de algumas pessoas, sim, pessoas que ficam com caras amarguradas, tristes, que choram... e que estão sofrendo. A frase de Elza Soares? " prefiro chorar minhas mágoas numa Mercedes-Benz do que dentro do metrô com um monte de gente me empurrando".
No coração do Pai sempre há espaço para mais alguns, que venham todos e descansem!

Até LÁ.

Eliézer disse...

Danilo,

Grato pela sua solidariedade,

Paz e bem!

Eliézer disse...

É meu mano Luíz... uma frase de extrema pobreza de alma... mas Cristo morreu também por estes, para que saiam da pobreza do ser e sejam fartos do amor do Pai!

Abçs,

Ana Seciliano disse...

Realmente muita coisa mudou...vivi a época do Oficina, resgate, Kasbarnea...a rádio era uma opção diferente de tudo o que existia na época. E me entristece ver como tudo ruiu...como se perdeu o propósito puro.

Laudinei- NEI disse...

O que doi é saber que este "canto de sereia" foi e esta sendo ouvindo por dezenas de outros lideres.. Nem estou falando dos picaretas que projetaram cada milimetro de seus ministerios mas daqueles que um um dia tiveram compromisso com Jesus.

Voltemos ao evangleho puro e simples, o $how tem que parar.

cabraldivulgador disse...

Olá Eli!

Faço minhas as suas palavras. Participamos juntos de tudo isso que foi aqui narrado... e,confesso, tenho que ser tratado pelo Senhor para ter este sentimento de acolher á estes que desviaram-se para milhas e milhas de distância daquilo que um dia foi um mover genuíno de Deus...
Machucaram e feriram á muitos, mas muitos mesmo...
Não à mim, pois saí a tempo quando me transferí de São Paulo para Campinas e percebi "as mudanças" de postura por parte da liderança citada... Eramos eu, o Edgar o Rubinho(este saiu à pouco tempo), mas da turma de então acredito que não sobrou ninguém... lá se vão uns 20 anos...
Mas de qualquer maneira, fiquei muito feliz por te achar por aqui. Vida que segue...
Que Deus continue te abençoando!

Abraço!

Wesley Cabral.

@cabralblade

Protestadas Gospel disse...

Como o Danilo disse:
O poder corrompe.

quantas vezes nos perguntamos: como a Renascer Cresceu tanto? será que Deus esta no negócio??

Não creio q Deus permitiria uma igreja crescer tanto assim, se esse erros estivessem desde o inicio.

Como no post acima, no inicio o trabalho era sincero, mas eles eram cristãos sujeito a falhas como todos nós.

Assim com Saul eles começaram o ministerio da maneira certa e se perderam pelo caminho...

o poder corrompe...

Cabe a nós orar, para q com eles nao aconteça como a Saul, e sim como Davi, q começou bem, no meio do caminho teve seus vacilos mas no fim honrou a Deus...

parabéns pelo post Eli...

Att.:
William de Souza - "Protestadas Gospel"

Gabriel Ribeiro disse...

Realmente voce escreveu aquilo, que quem viveu sente e muitas vezes não conseque colocar em palavras. que Deus tenha misericordia de todos nos e que aquela unçao derramada sobre a igreja possa ser novamente derramada sobre a Igreja Brasileira neste momento em que vivemos.

Gidiel Camara disse...

Muito legais suas palavras...
É mais fácil apedrejar do que dar a mão, o ombro, o coração...
Graças ao Pai, Jesus nunca escolheu o caminho mais fácil. Ele nos deixou o exemplo: "trocar pedras pelo perdão, pelo amor".

PhóradaKazinha disse...

é bem isso mesmo...o poder corrompe, o ego massageado nos tira do foco....tambem ia na renascer no começo e era uma bençao...e outros lugares que frequentei que tambem começaram bem, mas se desviaram em algum ponto no meio do caminho..recentemente minha mada igreja metodista que esta justamente passando pelo desvio apos a implantaçao do G12...triste mesmo..mas como vc disse se o estevao e a sonia querem voltar ao inicio, entao acolher e ajuda-los nisso é nosso dever...voltar ao primeiro amor...e nunca é tarde pra isto!

Claudio Regis disse...

Sempre que leio algo sobre a Renascer em Cristo tenho um misto de sentimentos e tristeza é o que grita mais alto. Nunca fui membro ou congregado desta igreja mas tinha um carinho e um alto conceito por sua postura diantes dos "legalistas" da época. Na verdade, eu, um jovem cristão, queria levar esta leveza para a comunidade em que eu estava inserido mas os anos passaram e o "Rena" tornou-se um império... e o resto é história que todos conhecem muito bem.
Espero, em Deus, que o casal Hernandez olhe para dentro de si e realmente se arrependam do caminho escolhido. Eles são pessoas muito inteligentes e entendem que escolheram o pior caminho. Lembro de um texto de Rod Mayer que falava a mesma coisa que está no post... De alguma forma, todos que conheceram o casal entre 20-25 anos atrás sentem-se tristes com os rumos daquela igreja que revolucionaria a juventude da época.

Mauricio Abreu de Carvalho disse...

Pois é Eliézer, essa inocência perdida infelizmente não é monopólio da Renascer. Parece que essa doença se alastrou mesmo no movimento evangélico.
Também vejo de uma maneira melancólica. Saudades dos cultos do Tio Cássio, da Banda Rara e do início do Renascer.
Será que os ingênuos eram eles ou éramos nós.

Oscar Menezes disse...

É, mermão...
Tanto tempo fiquei por lá servindo como presbítero na doce ilusão de um dia as coisas voltariam a ser como antes, onde eu como oficial (é assim que são chamados os obreiros lá...) estaria focado em acolher as pessoas que lá chegavam, ao invés de ficar até 2 da manhã na sala do pastor preocupado com os relatórios financeiros da regional onde eu congregava. Decepcionante...

fielcomunista disse...

Graça e Paz, meu querido.

Não fui da Renascer, mas estive nas segundas-feiras, nos SOS da Vida entre 92 e 95, e até para o retiro de carnaval fui.

Como metodista assistia a pregação do Estevam e era edificado.

Não os condeno, mas como você, creio que eles se perderam.

Quando o Zé Bruno saiu um novo alento em meu coração e um sopro do Espírito perspassou todas as denominações que com ele tiveram contato. Tenho acompanhado suas pregações e espero que eles continuem trilhando os caminhos do Senhor. Oro por isso.

Vi seu post no BrasilMetodista e, como irmãos, rogo para que possa encontrar seu caminho, sendo este o dEle.

Graça e Paz!

PROJETO: REFLEXÃO E VIDA disse...

Acabo de ler no Genizah e sou do caminho da graça - Caio Fabio - e não pude deixar de também me emocionar com o que você relatou, pois em sintese é o que sinto.

Hoje mesmo havia comentado a respeito que apesar de não concordar com muito do que dizem eu torço por eles.

Que o Deus de graça e misericordia encontre o corações deles limpos e arrependidos, pois ai há misericórdia.

Ze´ev Hashalom disse...

Parabéns pela sua Excelente Ponderação, my Great Fellow Eli Sanches !!!

Pude perceber claramente, em sua consideração e re-consideração, que vc é uma pessoa crítica e, ao mesmo tempo,
ancorada pela Misericórdia de D-us, demonstrando muito bem que vc valoriza adequadamente a gratidão, inclusive em relação àqueles que se desviaram, estão a se desviar, mas que ainda podem se reconciliar com o Eterno e Misericordios D-us de Avraham, Itschaq e Yaakov...Quanto àquela famosa Tríade: Sexo, Dinheiro e Poder, pude perceber em seu discurso que todos nós, seres humanos marcados e detonados profundamente pelo pecados, sem a Misericódia, o Amor e a Graça do Eterno D-us, estaríamos todos fritos ou carbonizados porquanto [pelo menos] um desses componentes da referida Tríade já tem o seu lugar garantido no coração de todos nós... Não há para onde fugir... Quando [ou se] não houver na parte mais íntima e profunda de nosso ser uma total disposição para aceitarmos a proposta de uma dose mista, composta irremediavelmente desses três ingredientes culinários básicos, que têm o seu compromisso marcado, irreversivelmente, com todo Ser Humano, dispensando-se, of course, a Tautologia de dizer que ele é Medíocre, Arrogante, Cruel e Alienado... Ai de nós e [ao mesmo tempo] como somos tão bem-aventurados, haja vista que somos portadores da Imago Dei, apesar de tudo, e fomos resgatados de um modo milagroso e sobre-natural por aquele que fora enviado por Elohiym para ser o Cordeiro do Eterno que tira os pecados do Mundo: Yeshua HaMashicah, que traduzido para o idoma português é "Jesus, o Ungido", e que através da influência do grego e do latim resultou [também] em um nome tão Fantástico e Fenomal:"Jesus Cristo".
Ainda não li outra Reflexão de sua autoria, mas após ter lido esta , confesso que não pude me conter, porquanto aprecio críticas fundamentadas, de um modo nada comum e condizente com essas abordagens superficiais que se ancoram em clichês, lugares-comuns e cartas marcadas na maioria das vezes... E justamente por tal motivo eu pensei assim: -- vou externar agora mesmo ao meu Brother Eli Sanches o meu parecer sobre a Excelente Ponderação Retrospectiva que ele fez sobre o que atualmente é denominado Fundação [ou será Igreja?] Renascer...
Um forte abraço, my Great Fellow Eli Sanches...

S U L .

Z H P L K S II .
.

PITOS & APITOS disse...

Como dói saber que "o canto da sereia" foi e continua sendo ouvida por tantos,sera que só nos resta constatar, escrever,desabafar e calar.Não creio, vamos as ruas praças, rodoviárias e etc... falar do amor de Jesus, de seu Evangelho puro de amor e compaixão.Sim mas ai eu me pergunto, para onde encaminhar os que ouvirem e aceitarem que Jesus é seu único Salvador.Socorro Jesus.

PITOS & APITOS disse...

Como dói saber que "o canto da sereia" foi e continua sendo ouvida por tantos,sera que só nos resta constatar, escrever,desabafar e calar.Não creio, vamos as ruas praças, rodoviárias e etc... falar do amor de Jesus, de seu Evangelho puro de amor e compaixão.Sim mas ai eu me pergunto, para onde encaminhar os que ouvirem e aceitarem que Jesus é seu único Salvador.Socorro Jesus.

wagner disse...

Postagens enormes, comentários enormes, entendimento pequeno.

Juliano Grupo Marketing disse...

Meu caro Eli,

Também fui da Renascer por aprox. 12/13 anos, cheguei lá qdo estavam lançando o Praise 3, eram bons louvores, tinha um clima diferenciado, me alegrei mto pq saí da CCB com vários traumas e vi ali um Jesus que me aceitaria do jeito que eu era sem exteriorizações e dogmas esquisitos. Mas tudo veio abaixo depois da Graça, Justiça e Misericórdia de Deus abrir meus olhos, e louvo a Deus por tudo q passei, espero em breve começar um trabalho espiritual para dar toda a honra, glória e louvor, santidade, majestade e reverência a Deus, para por todos os meios salvar alguns e ainda assim ser o pior dos pecadores e homem miserável, porém na Graça do Senhor Jesus.
Forte Abraço, Deus te abençoe.

Edinanci disse...

essa família dos metralhas Hernandes sempre e desde o inicio estavam de olho no dinheiro dessa crentaiada otária que só pensa e fala aleluia oh gloria, está amarrado em nome de je$u$.
E os espertalhoes só faturando, comprando haras, casa em Miami ap duplex e carros importados e a crentaiada andando de buzão!!!
aleluia em nome de je$u$