No que creio e tento viver.

Entendo que a verdadeira rendenção espiritual não tem entre os seus agraciados aquelas pessoas que posam de santas e moralmente irrepreensíveis, tampouco aquelas que investem a sua vida em defender a doutrina melhor fundamentada em escritos ancestrais... vejo que ela é alcançada pelo pecador arrependido que, por assim se reconhecer e ciente de sua limitação, ousa não mais negociar com Deus o Seu favor mediante seus esforços pessoais mas, em um passo de fé, acredita na bondade intrínseca de seu Ser e nos méritos do Cristo crucificado e ressurreto respondendo à essa fé com uma nova postura, voltada à Deus e ao próximo sem fanatismos, dando assim sabor à sua vida e a dos que estão à seu redor neste mundo. E tudo isso é possível exclusivamente pela Graça de Deus, fruto de Seu amor por nós.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

John Piper fala sobre a Teologia da Prosperidade



Tenho ressalvas quanto algumas posições do John Piper -especialmente quanto ao "cristianismo" que ele defende- mas não posso negar que foi muito preciso em expor de maneira tão clara e consistente a falácia da teologia da prosperidade, da qual eu fui vítima. As seqüelas dessa perversão teológica que elencou são verdadeiras. Faltou somente expor o lento e dolorido processo de cura para quem se submeteu à essa armadilha diabólica.

Ví o vídeo no Genizah

2 comentários:

Daniel Leite Simoncelos disse...

Mto bom.. To seguindo..

Depois dá uma olhada no meu blog

http://www.somenteagraca.com
Se curtir segue tb.

Abraços,
Daniel

Raimundo Félix disse...

Bacana. Virei seguidor. Quer me seguir também? Acesse: http://raimundofelix.blogspot.com