No que creio e tento viver.

Entendo que a verdadeira rendenção espiritual não tem entre os seus agraciados aquelas pessoas que posam de santas e moralmente irrepreensíveis, tampouco aquelas que investem a sua vida em defender a doutrina melhor fundamentada em escritos ancestrais... vejo que ela é alcançada pelo pecador arrependido que, por assim se reconhecer e ciente de sua limitação, ousa não mais negociar com Deus o Seu favor mediante seus esforços pessoais mas, em um passo de fé, acredita na bondade intrínseca de seu Ser e nos méritos do Cristo crucificado e ressurreto respondendo à essa fé com uma nova postura, voltada à Deus e ao próximo sem fanatismos, dando assim sabor à sua vida e a dos que estão à seu redor neste mundo. E tudo isso é possível exclusivamente pela Graça de Deus, fruto de Seu amor por nós.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

2009, indo... 2010, chegando... e a vida continua!


Esse ano foi especial para uns... difícil para outros...
Para uns, o começo... para outros, o fim...
Fechamentos de ciclos... ou recomeços das cinzas...
Perdas de um lado... ganhos por outro...

A vida é o lugar onde cada um trilha seu próprio caminho, compartilhando-o em alguns momentos com uns e/ou outros, e em outros momentos seguimos solitariamente o seu curso. Mas com todas as possibilidades à mão de podermos fazer dela o que quisermos, inclusive alegre!

Que a gente consiga fazer que daqui para frente os anos por vir sejam de ensinamentos de como melhor trilhar as diversas fases de nossa caminhada na existência. Saber o movimento certo de cada estação da vida... esperar... agir... refletir... construir... destruir... perseverar... desistir...

Desejo sinceramente que em 2010 os ensinamentos da vida nunca precisem da dor da gente para serem aprendidas... que estas possam ser absorvidas por nós em alegria, sinceridade e amor... mas, se o aprendizado da vida exigir nossas lágrimas, que o consolo nunca nos falte nesses momentos; que haja em seu curso momentos de alívio e alegria para que nossa saúde seja preservada; e que a certeza que a vida é maior que a morte, sempre esteja evidente.

Meu presente para todos que aqui lerem estas linhas é o vídeo postado logo abaixo, das músicas "É" e "O que é, o que é?" de Gonzaguinha. Músicas que revelam a variedade de visões e anseios sobre a vida em tempos diversos da existência, ainda que em aparente contraditoriedade o pragmatismo adulto una-se ao singelo olhar de uma criança, que traz o alento de que apesar de tudo, ela vale a pena ser vivida... assim como o Mestre falou há mais de 2.000 anos atrás... enfim, um trecho musicado de uma verdade da vida, expressa no Evangelho de Cristo.

Que a paz e o bem, na medida de suas necessidades, lhe visitem durante o ano de 2010 e que o natal, mais que uma época de euforia ou depressão, se apresente em seu verdadeiro espírito de misericóridia, tolerância, compaixão e amor todos os dias desse ano-novo em sua vida!

Eliézer.



Letras: É , O que é, o que é?

Um comentário:

Razão da Esperança disse...

Mano,

obrigado por toda atenção

Boas festa!!
e vida continua....